Candidato do Palmeiras explica patrocínio superior a Crefisa e fala em faturamento de R$ 600 milhões

Genaro Marino participou ao vivo do FOX Sports Rádio e explicou como seria este patrocínio milionário, que viria de uma holding

False
385907

No dia 24 de novembro, o Palmeiras definirá quem será o presidente do clube nos próximos três anos. Candidato da oposição, Genaro Marino participou ao vivo do FOX Sports Rádio e falou sobre diversos temas. Dentre eles, a possibilidade de contar com um novo patrocinador caso a Crefisa saia do clube. O cartola garantiu que existe uma holding próxima de acordo e que deve divulgar o nome após uma carta da empresa.

Final da Libertadores, Bundesliga, NBB e mais: a semana no FOX Sports

“Temos propostas, estamos preparando uma carta de intenção. Poderão ter sim. Estamos discutindo uma carta de intenção, é uma Multinacional que tem várias outras empresas, uma Holding, e dentro desse contexto, e logo que a carta estiver assinada, vamos divulgar”, explicou o candidato.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Como gestor, analiso isso como um todo: vamos pegar as quatro principais fontes de receita do Palmeiras: primeiro a televisão, segundo a bilheteria, e em terceiro o patrocinador, que representa hoje 13,5% da nossa receita. Temos uma projeção de faturamento esse ano de R$ 600 milhões, e ela contribui com R$ 78 milhões”.

A Crefisa deve mesmo deixar o Palmeiras caso Maurício Galiotte, candidato da situação do clube não vencer as eleições. Leila Pereira, principal ativa do clube, tem ambições políticas e sonha em presidir o clube, como deixou claro em inúmeras entrevistas. Por outro lado, a relação com a antiga gestão, de Paulo Nobre, da qual se formou a atual oposição, ficou bastante abalada nos últimos anos.

Saiba mais:

Bandeira fala sobre técnico do Fla em 2019

Corinthians tem prioridade para o mercado

Empresário de Renato revela propostas

Crédito: Marcelo Machado de Melo/ Fotoarena

Deixe seu comentário